2/12/2016

Williamsburg, Metrô e Dicas - NYC

De todos os lugares que íamos conhecer em Nova York, o que eu estava mais ansiosa era Williamsburg.
O pedacinho mais descolado do Brooklyn é conhecido por boas cervejas e muita diversidade cultural.
Um bairro originalmente industrial que hoje é urbanizado, tudo muito alternativo.

Senta que lá vem história...
Era domingo, pós nevasca. O dia em que andamos de metrô pela primeira vez. Tomamos café e fomos em direção ao "subway". Nossa linha (rota) era a azul A C E e em cerca de 25 minutos chegamos ao nosso destino. O bairro estava bem mais prejudicado do que Manhattan, era muita neve! Carros completamento cobertos e calçadas inacessíveis.
Nossa primeira parada era para ser a cervejaria Brooklyn Brewery, mas o pessoal ainda estava tirando a neve que impossibilitava o acesso. Fomos dar uma volta na redondeza para passar o tempo.



Visitamos alguns parques locais e por ser final de semana, muitas crianças brincavam na neve, cachorros passeavam, e pudemos observar um pouco da cultura.
Paramos em uma padaria e com o nome de Bakeri, o lugar nos encantou. Um clima vintage e acolhedor, onde só mulheres trabalham, vestidas como o típico cartaz We can do it!, tomamos um chocolate quente e escolhemos também um pãozinho de creme com coco de comer rezando. Tudo bem caseiro e gostoso!


Seguimos para nossa visita...
Inaugurada em 1988 e distribuída em cerca de 25 estados americanos e 20 países pelo mundo, a cerveja Brooklyn Brewery tem apenas uma parte de sua produção localizada na fábrica em Williamsburg.
Para entrar precisamos apresentar nossos passaportes, pois só entram maiores de 21 anos.
Fizemos um tour, de cerca de 30 minutos para conhecer os processos e saber um pouco da história da marca. No final, fomos ao bar chamado de "beer tasting room", um galpão com algumas mesas para enfim experimentar algumas cervejas. Todas muito saborosas e bem artesanais.
Aos sábados e domingos este tour é de graça e acontece às 13h, 14h, 15h e 16h. Durante a semana a visitação é privada, e deve ser agendada através do site (para mais informações clique aqui). Adoramos!

PS: Em Chapecó, encontramos alguns produtos da marca na Chacal Beer Store.




Fechamos o dia andando pelas ruas, entrando em algumas lojinhas, nesta hora o bairro já estava lotado de jovens e super movimentado, voltamos de metrô também.

Sobre o subway e algumas dicas:
- Utilizamos o aplicativo Citymapper (indicação do amigo john o/), que mostra qual linha pegar, onde descer, tudo com precisão. Foi super fácil, e apesar de precisar de internet para funcionar você consegue salvar a rota para poder usar offline.
- Não tenha medo, Nova York é uma cidade segura e andar de metrô faz parte da rotina de todos os moradores da cidade, é uma ótima oportunidade para observar os costumes e a diversidade, sem contar que é muito rápido.
- Para comprar o MetroCard, pagamos U$ 1,00 pelo cartão (compartilhamos o mesmo), e recarregamos com mais U$ 10,00. Cada entrada na estação custa U$ 2,75 e você só vai usar o valor novamente se sair e entrar na estação.
- Como ficamos em Manhattan e era nossa primeira vez na cidade, não foi necessário comprar o MetroCard ilimitado para 7 dias (U$ 30,00), nos viramos super bem pela região e optávamos por ir caminhando.
- Para entender direitinho como comprar e utilizar o MetroCard, sugiro este post aqui da Matraqueando, totalmente explicativo.

- Mãe, quero morar no Brooklyn!

0 comentários:

Postar um comentário



 

ULTÍMAS DO INSTA!

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - BLOG DA PRIPRI | DESENVOLVIDO POR: VINICIUS RIBEIRO - WEB DESIGNER